Select your language

 

headEuroazjaAm Portug 8

 

Em 9 de novembro de 2017, o Episcopado do Equador celebrou o 130º aniversário da evangelização no Vicariato Apostólico de Puyo, às portas da Amazônia.

Nesta ocasião, realizou-se 143 Sessões Plenárias do Episcopado do Equador com a participação do novo Nuncio Arcebispo. Andres Carrascosa Coso.

Foi uma excelente oportunidade para organizar o encontro de Nossa Senhora na peregrinação Ícone de Częstochowa com seus amados filhos. Ks. Leon Juchniewicz, que é o coordenador da peregrinação no Equador, teve que atravessar a Cordilheira dos Andes de Santo Domingo para Puyo. A viagem de ida durou cerca de 6 horas. O ícone foi colocado na Mama Mobil, uma "casa" de vidro colocada na caminhonete. Graças a isso, a Mãe de Deus era claramente visível para os habitantes das cidades equatorianas que passavam.

PujoO ícone de Czestochowa visitou a assembléia dos bispos no final de seus debates e depois participou da procissão mariana para a proteção da vida e da família. A cerimônia contou com a presença de todos os bispos do Equador. A procissão começou em 18:00, quando a escuridão cai no Equador. Ela saiu da igreja. St. Wincenty Ferrer, e terminou na catedral local. Nossa Senhora do Rosário, onde se celebrou a solene Eucaristia. Santa Missa foi presidida pelo bispo Eugenio Arellano Fernández, MCCJ, vigário apostólico Esmeraldas, presidente da Episcopal Episcopal Conference.

Em sua homilia, o bispo Arellano falou sobre a presença da Mãe de Deus que vagueia pelo mundo em defesa da vida humana. Ele a chamou de Morenait (Brown Virgin), assim como os hispânicos definem a Mãe de Deus de Guadalupe. Ele ressaltou que ele é o padre dos "morenitos" que vivem no Equador. Após o serviço, todos - e os bispos e os fiéis - receberam uma pequena imagem de Nossa Senhora de Częstochowa, em cujo reverso a Oração de São. João Paulo II da encíclica Evangelium vitae. O Ícone permaneceu na catedral durante toda a noite e muitos adeptos a adoravam até o final da noite.

No dia seguinte, o Ícone teve que voltar para Santo Domingo. Ks. Leon chegou à catedral pela manhã para levá-la e colocá-la em Mama Mobil. Ele encontrou uma mulher idosa e local, vestida com roupas típicas de sua idade, usadas pelos habitantes desta região. Ela estava olhando para a Mãe de Deus com grande admiração. Ela acendeu uma vela para Ela e colocou-a na frente do Ícone. Ela contou ao Pe. Leon: Não a pegue, nunca vi esse ícone antes! Não leve minha mãe! Ks. Leon deixou que ela toque o Ícone, reze por um momento e diga adeus, mas então eles tiveram que voltar pelos Andes.

We use cookies

We use cookies on our website. Some of them are essential for the operation of the site, while others help us to improve this site and the user experience (tracking cookies). You can decide for yourself whether you want to allow cookies or not. Please note that if you reject them, you may not be able to use all the functionalities of the site.